[Resenha] Encantada Por Você - A.C. Meyer

Nome: Encantada Por Você
Autora: A.C. Meyer
Editora: Universo dos Livros | Gênero: Romance; YA;Comédia
Páginas: 388 |Classificação: 5/5
Preços: Saraiva | Submarino | Amazon



O que acontece quando você se apaixona pelo guitarrista mais assediado e garanhão do momento? Essa é a história apaixonante e encantadora que fecha a série After Dark com chave de ouro. Nos três primeiros livros da série, conhecemos os fascinantes encontros e desencontros dos casais Daniel e Julie, Zach e Johanna, e Rafe e a doutora Jenny.
Mas faltava ainda um par nessa grande família. Alan é um rockstar com um passado que preferia esquecer, e que o fez prometer a si mesmo não mais se envolver profundamente com ninguém além de seu irmão Jude. Livy, uma garota do interior em meio à cidade grande, caiu no charme de Alan uma vez, mas recuou quando percebeu que ele não buscava nada além de diversão.
Só há um problema, porém: nenhum dos dois consegue parar de pensar no outro. O que só fica mais forte quando Livy é escalada para uma difícil missão: acompanhar a turnê da The Band para tentar colocar um pouco de juízo na cabeça dos músicos fascinados pela vida boêmia da estrada.
Será que Alan conseguirá vencer seu trauma, de maneira a vivenciar um sentimento que jamais nutriu por uma mulher, ou vai preferir continuar sua fuga eterna em noites de prazer infindável e fútil? E Livy, conseguirá superar o desapontamento com a sedução vazia de Alan e cuidar das profundas feridas remanescentes de seu passado?


Se você ainda não leu: Louca Por Você (Livro 1) | Apaixonada Por Você (Livro 2) | Fascinada Por Você (Livro 3)


Eu começo a pensar em o que dizer sobre essa obra e as lágrimas já começam a aparecer. me apeguei a esses personagens, a família After Dark como se eles fossem de carne e osso. meu coração está quebrado pelo fim dessa série maravilhosa, mas acalentado pelos momentos lindos que vivi com eles. se você não leu nenhum ainda, precisa fazer isso A-GO-RA (entendedores entenderão).

Nos três primeiros livros, conhecemos um pouco de Alan, como o sexy guitarrista e vocalista de The Band e como a principal fantasia sexual de todas as mulheres vivas. Olivia aparece no segundo livro, como a tímida e simples assistente de Jo, que entra para o grupo das Meninas Do George



 Duas pessoas tão diferentes, como o dia e a noite, que se encontram. E basta esse encontro para tudo mudar.

Olivia é uma mulher simples, que saiu do interior do Kansas para tentar a vida em L.A. Ela conhece Jo e acaba ficando cada vez mais próxima dessa grande família do After Dark. Alan é um cara cercado de pessoas, que vive uma vida louca de rockstar. Marcado profundamente pela decepção e abandono, ele não se deixa prender a ninguém, e se não fosse por seu irmão Jude, estaria completamente sozinho.

Mesmo vivendo seu sonho, Alan sabe que tudo que faz é para dar uma vida melhor a seu irmão. Já Olivia só queria encontrar sua felicidade. Eles se conhecem uma noite no After Dark, quando Alan está cantando. E depois desse momento, fica impossível não pensar um no outro. Mas as diferenças são grandes demais, e as marcas no coração de Alan o dizem que não é possível amar novamente.

"Ela se aproximou de mim, contornando o desenho com a ponta dos dedos. Eu sabia exatamente em qual tatuagem ela estava tocando e o motivo de sua surpresa. Era exatamente aquela que fiz na noite de bebedeira com Zach e Rafe.

Seu rosto demonstra compreensão, e as lágrimas que ela estava firmemente tentando conter caem, deixando um rastro molhado em seu rosto. Vê-la chorar faz meu próprio coração doer, como se estivesse sendo arrancado do meu peito. Viro de frente e a puxo para mim, colando seu corpo ao meu e limpando com meus dedos o caminho que as lágrimas fizeram.

-Alan... - ela murmura meu nome e suspiro, sem saber o que falar. - Aquela... aquela sou eu?"


Os dois acabam sendo obrigados a passarem muito tempo juntos, e a autora testa a força de vontade deles quando as opções são o desejo e a razão. Foi maravilhoso encontrar todos os outros personagens felizes, seguindo suas vidas. Diferente dos outros livros, este teve muito George para nossa alegria, e participação ativa mesmo dos demais. A obra está perfeita, daquelas que desperta um misto de amor e saudade, e faz a gente rir MUITO. Outra coisa que acho maravilhosa é o bom gosto musical da autora; sério gente, eu achava que além dos meus pais, era a única que gostava de Elton John. Amo essas musicas originais que a autora escreve, que infelizmente só encontramos nos livros dos músicos (Julie e Alan).

A autora fez o que faz de melhor: nos surpreender, e fechou a série com chave de ouro. A todo momento eu fiquei especulando o que aconteceria com esse casal, tão improvável e diferente, mas que merecia ficar junto. Me encantei com a história de Alan, que nos primeiros livros nos é apresentado secundariamente, e temos a falsa impressão de que entendemos sua postura de rockstar sedução. Foi legal também conhecer um pouco mais de Jude, que nos outros livros parecia uma criança, e percebemos o quanto ele amadureceu com a ajuda de todos.


"Alaaaaaan! Lindooooo! Me lambe! Gostoso! "
essa fala me representa
Ao conhecer mais sobre o passado de Alan, consegui compreender melhor suas atitudes e sofri com ele. Sentir que não é merecedor de amor é algo terrível, que assombra e tira de nós qualquer pensamento sobre ser feliz. E Olivia, uma moça tão doce que como qualquer outra que sonha com seu conto de fadas, viveu algo muito melhor do que poderia ter pedido ou imaginado: algo real, imperfeito mas perfeito ; porque tinha amor.

Às vezes perdemos tempo imaginando como será a nossa grande história de amor; não vou mentir, depois de ler esse livro eu fiquei encarando minha janela 5 minutos, pedindo a Deus que me abençoasse com um amor tão profundo e puro. Mas algo que Livy me ensinou é que, por mais que planejamos as coisas e tentamos manipular os acontecimentos, é impossível.

"George 

Sorrio, o coração transbordando de felicidade. Ben tinha razão. Coisas boas acontecem para quem merece. E acredito que todos nós merecemos. Muito. Ben me puxa para ele, me gira e me abaixa, fazendo um daqueles movimentos que a gente só vê nos filmes. Antes de nossos olhos se fecharem, ele murmura para mim, sorrindo:

-You're the first, the last, my everything."


George já tinha me ensinado uma lição valiosa: nenhum amor vem com certificado de garantia. Mas Livy me mostrou que, se eu ficar presa a minha ideia de perfeição ou de relacionamento amoroso, eu não vou viver e ser feliz; ser feliz mesmo, sem pensar que minha felicidade tem prazo de validade e viver esperando o momento em que ela acabara ao invés de aproveitá-la.


Outra coisa que aprendi é que é realmente inútil sentir medo de sermos machucados. Sempre tentei proteger meu coração, que já sofreu umas e outras decepções. Mas quanto mais tentei me fechar, mais infeliz fui. E percebia outros sendo felizes pela janela. Entendi (finalmente) que a beleza da vida está nos momentos bons e ruins. Se eu parar para focar nos momentos ruins, não perceberei o quanto valem a pena os bons. Espero que, independente do que você estiver vivendo agora, seja felicidade ou tristeza, que você nunca perca a esperança e vontade de ser feliz.

isabela ottoni

Um comentário:

  1. Li esse livro em um dia durante uma longa viagem, já estava toda chorosa por me despedir dos amigos, e ao me despedir da série chorei várias vezes.
    Mas Alan e Livy cumpriram seu papel direitinho e encerraram com chave de ouro! <3

    ResponderExcluir

Instagram