[resenha] Conheça o best-seller de Nicholas Sparks - No Seu Olhar

Nome: No Seu Olhar
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5 | Gênero: Romance, Suspense
Onde ComprarSaraiva | Submarino | Amazon



Filha de imigrantes mexicanos, Maria Sanchez é uma advogada inteligente, bonita e bem-sucedida que aprendeu cedo o valor do trabalho duro e de uma rotina regrada. Porém um trauma a faz questionar tudo em que acreditava e voltar para sua cidade natal, a pequena Wilmington.

A cidade também é o lugar que Colin Hancock escolheu para se dar uma segunda chance. Apesar de jovem, ele sofreu mais violência e abandono do que a maioria das pessoas. Também cometeu sua parcela de erro e magoou mais gente do que gostaria. Agora está determinado a mudar de vida, tornar-se professor e dar às crianças o carinho e a atenção que ele próprio não teve.

Colin e Maria não foram feitos um para o outro, mas um encontro casual durante uma tempestade mudará o rumo de suas histórias. Ao confrontar as diferenças entre os dois, eles questionarão as próprias convicções. E ao enxergar além das aparências, redescobrirão a capacidade de amar.

Porém, nessa frágil busca por um recomeço, o relacionamento deles é ameaçado por uma série de incidentes suspeitos que reaviva antigos sofrimentos. E quando um perigo real começa a se impor, Colin e Maria precisam lutar para que o amor sobreviva.
Com uma trama madura e repleta de emoções e de suspense, No seu olhar mostra que o amor às vezes é forjado em crises que ameaçam nos destruir e que o primeiro passo para a felicidade é acreditar em quem podemos ser.


Eu sempre dizia que existiam duas coisas que eu odiava no mundo: cebola e Nicholas Sparks. Esse enredo chiclete de pessoa boazinha com doença terminal conhece o grande amor de sua vida, vivem romance intenso mas depois a pessoa morre sempre me irritou.

​Mas quando conheci esse livro e vi que a temática dele era completamente diferente, decidi me arriscar. E não é que deu certo?! 

Colin e Maria eram tão diferentes quanto água e óleo, mas ambos tinham uma coisa em comum: um passado que desejavam esquecer. Eles se encontram em uma situação bem assustadora, e após Colin ajudar Maria ambos pensam que nunca mais se veriam.

​Os dois levavam uma vida solitária, sem se envolverem com ninguém; cada um com suas prioridades, e amor não entrava na lista. Quando se encontram novamente, algo diferente acontece e uma conexão se estabelece. Um sentimento estranho e desconhecido se apodera de Colin sempre que pensa em Maria, e ela se esforça para expulsá-lo de sua mente mas simplesmente não consegue. Isso acaba dando inicio a uma estranha mas reconfortante amizade. Porém o passado mal resolvido volta para assombrá-los. Será que juntos eles conseguirão vencê-lo?

​Eu achei que seria um romance beeeem água com açúcar, mas o thriller dominou e talvez por isso me conquistou. O enredo é cheio de corredores, como um labirinto, e toda vez que o leitor pensa ter entendido ou desvendado algo descobre que nada é o que parece ser. Acompanhamos a trajetória da história através da ótica dos dois, e isso nos permite entender mais sobre o passado e sobre o presente, enquanto o futuro é uma incógnita para o leitor. A sinopse nos apresenta uma narrativa tranquila e leve, mas não se enganem: este livro é adrenalina pura.

Maria e Colin são personagens surpreendentes, fortes, e pessoas que merecem ser felizes. Eu ri, me emocionei, desesperei, surtei e encontrei ao final a esperança de um novo amanhã, junto com eles. O romance entre os dois não é o foco, mas tem sua devida atenção. O que me fascinou foi que o autor equilibrou bem o romance com o thriller.

Em momentos em que o suspense estava demais, sobrecarregando o leitor, o romance vinha e deixava a narrativa mais suave. E no momento certo, quando o leitor menos espera, o suspense volta com tudo. Já o thriller é viciante, instigante, maravilhoso!! Nada me preparou para o que aconteceu. Eu de início me foquei em desvendar o passado deles, sem parar para refletir sobre as dicas que o autor vai deixando ao longo do caminho.

​Achei bem diferente de tudo que Nicholas Sparks já escreveu, e depois deste estou aberta a rever minha opinião sobre suas obras. É um livro inesperado, daqueles que você só para de ler quando acaba. Se você gosta de suspense, se arrisque. Este aqui é eletrizante. Se você gosta de romance, mergulhe fundo e suspire muito com Colin e Maria. E lembre-se sempre: o amor enxerga além das aparências.


isabela ottoni

13 comentários:

  1. Também não sou fã de Nicholas Sparks, mas admito que as vezes ele nos pega em algum livro, sabe? Li O Diário de Uma Paixão e posso dizer que amei a história e chorei rios mesmo sendo clichê!
    Sua resenha está ótima, muito bem escrita. Sucesso!

    ResponderExcluir
  2. Sou suspeita para falr do Nicholas, sou completamente apaixonada pelos romances dele e esse eu li e chorei horrores hahaha amei a resenha!!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa senhora, acho tão difícil conseguir ler Nicholas Sparks! Eu adoro histórias que sejam mais de aventura, não sou tão do romance: é meio que sempre a mesma receita de bolo, que não tem diferença nenhuma, não tem elemento novo. Mas eu ocasionalmente acabo dando uma chance, então, quem sabe? Se adicionar, corro pra dizer o que achei! <3

    ResponderExcluir
  4. Nicholas Sparks sendo Nicholas Sparks ♥
    É muito amor, né?
    Tenho vários livros dele, mas esse ainda não li... Mas irei ler!
    Beijos.

    www.meumundonofundo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá conterrânea ^^ lindo seu blog, já havia vindo aqui algumas vezes ler suas resenhas e gosto muito da sua sinceridade, além das fotos, que ficam muito bem elaboradas. Gostei dessa história e realmente é uma proposta diferente de todas as que o autor já fez ^^

    bjus
    Ari ♥
    De volta ao retrô

    ResponderExcluir
  6. Amei o post, ficou muito boa a resenha, ainda não li esse livro, mais como amo romances, você acabou me inspirando a ler esse livro, depois que eu terminar volto aqui para dizer o que eu achei ❤

    ResponderExcluir
  7. Confesso que perdi um pouco do meu habito de leitura, mas não dispenso um livro do Nicholas Sparks ele é um dos meus escritores favoritos, adorei a resenha ja tou com vontade de ler o livro todo. simplesmente perfeita♥

    ResponderExcluir
  8. Olá Isa! Confesso para vc que não gosto de ler Nicholas Sparks, acho que a escrita dele é muito melancólica, mas amo os filmes baseados neles! Adorei a resenha, vou comprar para presentear minha amiga, ela curte bastante esse tipo de leitura!
    http://my1life2in3books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Ultimamente o Sparks está colocando alguns elementos de suspense em suas obras e isto me encanta muito. Já amo os romances deles e já vou colocar esta obra na lista de livros que quero ler.

    ResponderExcluir
  10. Nossa! Fiquei com vontade de ler depois desse post. Não conhecia e pelo seu texto deu uma vontadezinha de ler.

    ResponderExcluir
  11. Nicholas Sparks só sabe me fazer chorar, é terrível. Eu tento fingir que sou forte, mas nao dá. E eu também tento fingir que não leio seus livros e assisto seus filmes, mas fazer o que hahaha
    Também sou louca por livros e amo encontrar blogs sobre eles.
    Eu amei o seu e voltarei mais vezes, Isabela
    Beijos
    Amanda
    http://barrados-nobaile.wixsite.com/meusite

    ResponderExcluir
  12. Nicholas é Nicholas né?! É quase uma regra ler e se emocionar com os livros dele *-* muito amorzinho! Mais uma ótima postagem Isa. Obrigada por sua visita ao meu blog *-* és sempre bem vinda por lá...Ah propósito, tem post novinho e te convido a dar um pulinho por lá :3 Beijocas♥


    Sorriso Jovem | SJ Oficial Fanpage

    ResponderExcluir

Instagram