[resenha] Conheça o livro: Harry Potter e a Pedra Filosofal - J.K. Rowling

ficção fantasia inspiração para filme capa nova harry potter hp
Nome: Harry Potter e a Pedra Filosofal
Autora: J.K. Rowling
Série: Harry Potter
Editora: Rocco
Classificação: Fantasia, Ficção | Nota: 5/5
Onde ComprarCompare preços - Buscapé


Harry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural. Pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo.
No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais. O menino de olhos verde, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. A fábula, recheada de fantasmas, paredes que falam, caldeirões, sapos, unicórnios, dragões e gigantes, não é, entretanto, apenas um passatempo.
Harry Potter conduz a discussões metafísicas, aborda o eterno confronto entre o bem e o mal, evidencia algumas mazelas da sociedade, como o preconceito, a divisão de classes através do dinheiro e do berço, a inveja, o egoísmo, a competitividade exacerbada, a busca pelo ideal - a necessidade de aprender, nem que seja à força, que a vida é feita de derrotas e vitórias e que isso é importante para a formação básica de um adulto.



​Queria dizer que sim, nunca li ou assisti nenhum dos filmes sobre Harry Potter. Simplesmente nunca atiçou minha curiosidade ou vontade. Mas muitas pessoas ano passado me motivaram, e falaram tão bem da obra que decidi ler. Uma miga e patrocinadora do blog fez o resto acontecer e posso dizer: estou AMANDO.⠀

Não posso fazer comparações com o filme mas posso dizer sobre o que li. O primeiro livro da série, "Harry Potter e a Pedra Filosofal" nos conta sobre o órfão menino com um grande destino e missão. Ele cresceu acreditando que seus pais haviam morrido em um acidente de carro, ao qual ele sobreviveu com uma cicatriz em forma de raio na testa. Por falta de mais parentes, ele foi criado pela a irma de sua mãe, seu marido e seu filho. Esses parentes o fizeram acreditar que ele não passava de um menino comum e um grande fardo. Em seu íntimo, ele desejava ser algo mais, descobrir quem ele era e pertencer a algo.

Harry então sempre se achou uma pessoa ordinária, sem diferencial. Porém em algum lugar de um mundo que ele nem sabia que existia, seu nome era ovacionado, e a promessa que ele carregava trazia esperança a muitos. Ao fazer 11 anos ele descobre a verdade sobre seus pais e sua origem, e parte rumo ao local onde ele teria seu potencial elevado: Hogwarts, a maior e melhor escola de bruxaria do mundo. Sua vida muda da noite para o dia, e ele se vê cercado de coisas que jamais pensou ter: amigos, presentes, uma história e um propósito.

Acompanhamos Harry e sua adaptação a esse novo mundo e sobre suas descobertas. Confesso que me maravilhei com essa capa super linda. Esse novo formato na edição da Editora Rocco ficou diferente e bonito. Sempre me assustei com o tamanho dos volumes dos livros da série, mas esse ser tão fininho me motivou a ler. Capa, diagramação e revisão perfeitos!

A escrita da autora é sensacional. Foi incrível como que, mesmo narrando em terceira pessoa (narrador observador) a autora consegue nos permitir experimentar os sentimentos que atingem o protagonista. Cada detalhe narrado faz a mente do leitor viajar e imaginar tudo. Ler me deixou empolgada para ver o filme e ter uma ideia mais tangível de como é esse universo da magia. Fiquei muito empolgada com as surpresas que cada capítulo reservava, e com a forma com que a autora ligou todos esses acontecimentos no final. Ah, o final... sem palavras para descrevê-lo.

Ainda estou no primeiro livro, mas tô tão apaixonada que já estou até combinando tattos de HP com os amigos e quase me auto denominando potterhead hahaha Quem já leu? Quem ama?

isabela ottoni

4 comentários:

  1. Adoro o harry potter
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Oie Isa!!! Olha eu aqui de novo hahaha!!! AMOOOOO muito as histórias de HP. Sou potterhead então fiquei super feliz de ver a sua resenha abordando esse livro que amo. Assiste aos filmes também pois você vai amar. Muitos filmes fogem do que a história em si fala mas os de HP arrasam em fidelidades. Te recomendo! Hey tem post novinho lá no blog e te convido a me fazer uma visitinha, vou super amar. Beijocas! ♥

    Sorriso Jovem | SJ Oficial Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ooooi Hildaaaa hahaha também me falaram isso, que os filmes são as melhores adaptações da vida. tô doida para acabar os livros e começar a assistir. vou lá agora mesmo <3

      Excluir

Instagram